Além de sell out: Execução inteligente no ponto de venda

punto de venta y sell out

11Antes, a orientação das empresas era no sentido de sell in.  Agora, elas veem a venda como um indicador-chave para a tomada de decisões: a sell out.

 

De acordo com as definições do Gartner Group  já em 2011, a Otimização da Atividade de Varejo (RAO) seria alcançada usando Big Data. Junto com a modelagem avançada (redes neurais, aprendizado profundo), poderiam ser direcionadas as atividades que as empresas de consumo de massa desejam executar no ponto de venda com suas equipes de gerentes comerciais.

 

O valor dos dados de venda

O valor a ser gerado vem do uso de dados de vendas de Sell Out (POS). Eles também vêm do software de ponto de venda o mais próximo possível da visita dos gerentes de vendas (cedo, no mesmo dia).

Isso os ajuda a priorizar o valor de cada situação e na criação de uma rota de visita economicamente otimizada para aquele dia.

 

Esses esforços visam claramente produtos ausentes, vendas lentas, não conformidade com promoções e auditorias de promoções no PDV. Do mesmo modo, vimos que esse tipo de informação pode ser detectado por meio de informações de Sell Out.

 

O valor está em ter os dados do PDV o mais próximo possível da realidade transmitida pela equipe em campo.

 

O avanço na tecnologia móvel, acúmulo de dados, análise de Big Data no PDV, processamento paralelo na nuvem, Inteligência Artificial na execução, além de sofisticados algoritmos disponíveis para uso, estão permitindo que seja possível acelerar os esforços da força de gestão comercial em campo ou a gestão de equipes de vendas para coletar informações e gerar relatório de soluções imediatamente.

 

Todo esse esforço está sendo feito com o objetivo de cuidar e evitar perdas nas vendas. Além disso, produtividade drasticamente diferente é alcançada tendo a execução de varejo guiada de forma “inteligente”.

 

Soluções inteligentes que funcionam com vendas esgotadas

Essas soluções não são mais um experimento. É mais, nos últimos 3 anos vimos como várias startups aceitaram o desafio de desenvolver este tipo de ferramentas inteligentes.

 

São poucos os que já conseguiram implementar esta solução em todos os tipos de empresas de consumo massivo e em diferentes países. Com isso, mostraram que neste segmento tecnológico ainda há muito para ver e aprender.

 

Já vimos isso em outras indústrias. Essas ferramentas inteligentes baseadas em algoritmos sofisticados e Big Data representam uma nova forma de gerenciar e controlar a execução no PDV. É também chamada de “a nova tendência de Retail Execution ou Execução no Varejo”.

Gostou deste artigo?

Assine o boletim informativo e receba as notícias mais relevantes do setor de varejo diretamente no seu e-mail

Fique um passo à frente com novos insights.

Inscreva-se gratuitamente em nosso boletim informativo.

Estudamos as últimas tendências em consumo de massa e varejo e as compartilhamos semanalmente para que você fique atualizado.