Ferramentas inteligentes para vender mais e gastar menos

Através de um sistema de gestão de vendas, nossos clientes podem agora executar e gerenciar uma vasta gama de tarefas em um ponto de venda.
dashboard herramientas inteligentes

Ao olhar para ferramentas inteligentes no ponto de venda, vemos alguns exemplos de mudanças nos últimos anos, incluindo:

  • Ferramentas inteligentes para a análise de informações comerciais em PDV
  • Entenda a demanda
  • Atenção ao Estoque Loja
  • Identifique o que os consumidores preferem
  • Ofereça produtos específicos para clientes específicos
  • Conquiste a fidelidade do consumidor com base em um serviço personalizado
  • e também ferramentas para cuidar da execução da “festa de consumo”

 

As realidades dos custos operacionais de varejo versus relacionamentos omnicanal com o consumidor também estão emergindo.

Economias muito poderosas podem ser encontradas aqui em custos operacionais, especificamente em estoque distribuído não centralizado, pessoal e custos de aluguel. Um grande desafio para o varejo tradicional com uma estrutura para sua realidade de lojas físicas.

 

Novas ferramentas inteligentes para o ponto de venda

Este fenômeno está forçando a busca por soluções baseadas em tecnologia eficazes e eficientes. São novas soluções de inteligência para decidir e priorizar tarefas, para gerenciar diariamente os PDVs de varejo (Inteligência Artificial no ponto de venda), que participam cada vez mais das vendas de um provedor de consumo massivo (CPG).

Nos últimos anos, desenvolvemos tecnologia que cobre o que há de mais sofisticado em tarefas de PDV, como monitoramento inteligente de variações nas vendas, faltas e realização de ações promocionais online. Além disso, temos trabalhado em tarefas relacionadas ao controle de fachadas, preços, implementações de displays, móveis e qualquer tipo de medição de campo.

No futuro, continuaremos a integrar mais inteligência artificial e maior sofisticação aos nossos algoritmos para agregar valor econômico cada vez maior. Tudo de forma muito produtiva para a gestão do PDV com as melhores ferramentas inteligentes.

 

Novos gerentes de varejo na sala

Hoje vemos que os conceitos de integração com os demais participantes dessa gestão se tornaram muito necessários para poder oferecer uma plataforma única de trabalho.

Através de um sistema de gestão de vendas, nossos clientes podem agora executar e gerenciar uma vasta gama de tarefas em um ponto de venda.

Assim, iniciamos o desenvolvimento de associações e integrações para a realização de tarefas não só com os nossos próprios gerentes (CPG ou varejo), mas também tarefas realizadas por agências de reabastecimento de PDV.

E o mais importante, a nova tendência que veio para ficar: empresas de crowdsourcing. Estas empresas realizam muitas das tarefas do PDV a custos variáveis ​​e com flexibilidade suficiente para reagir às necessidades de informação em momentos críticos do “festival do consumidor”.

O próximo desafio a superar está relacionado ao fato de todas essas tarefas serem gerenciadas por algoritmos estocásticos que garantem medições com alto grau de confiança. Da mesma forma, buscam reduzir os custos muito altos de coleta de big data sem uma orientação “inteligente”.

 

Maximize ou não os recursos da loja

A falta de modelagem levou a muito mais medições no PDV do que o necessário. Isso para ter informações válidas na tomada de decisão e geração de tarefas para outra pessoa da cadeia logística.

É assim que já temos modelos que selecionam cuidadosamente tarefas suficientes para maximizar o valor econômico dos executores.

À medida que avançamos em nossas implementações na América Latina, vemos uma grande necessidade de coordenação de todas as tarefas inteligentes e de execução. São lançados para todos os tipos de executores (próprios, terceiros independentes, agências de reposição, agências de medição em PDV e plataformas de crowdsourcing).

As equipes também podem gerenciar sua avaliação posterior (com indicadores que aglutinam a gestão).

O desafio de um PDV perfeitamente preparado para a “parte consumidora”, mas com custos operacionais razoáveis, torna-se cada vez mais necessário para manter a rentabilidade no negócio de varejo omnicanal.

Se você chegou a este ponto, queremos que veja um conteúdo mais valioso sobre as ferramentas inteligentes que o teamcore tem à sua disposição.

Gostou deste artigo?

Assine o boletim informativo e receba as notícias mais relevantes do setor de varejo diretamente no seu e-mail

Fique um passo à frente com novos insights.

Inscreva-se gratuitamente em nosso boletim informativo.

Estudamos as últimas tendências em consumo de massa e varejo e as compartilhamos semanalmente para que você fique atualizado.