Automação e otimização: dois ativos para o varejo moderno

Os maiores desafios para o varejo são aplicar automação e otimização para simplificar o trabalho de PDV e aumentar as vendas.

Os maiores desafios para os varejistas são aplicar automação e otimização para simplificar o trabalho no chão de fábrica e no canal on-line, melhorar a experiência do cliente e aumentar as vendas.

 

O uso da tecnologia no varejo trouxe uma série de benefícios, tais como facilitar a tomada de decisões mais inteligentes e em tempo real, identificar e aproveitar as oportunidades de melhoria contínua, e tornar os processos mais ágeis e eficientes.

 

Planos automatizados e otimizados para a força de vendas

Em nossa experiência e trabalho com as maiores empresas da América Latina, as reuniões de planejamento do dia já estão em segundo plano. Hoje, o foco está nos planos de automação e otimização que garantem a disponibilidade do produto no ponto de venda, a principal promessa de valor aos clientes.

 

As empresas de consumo massivo perdem mais de 10% em volume de vendas porque seus produtos não estão totalmente disponíveis na prateleira.

 

Devido a isso, a automação e a otimização são ativos importantes e criam potencial para que os varejistas ofereçam melhores serviços, se tornem mais eficientes e até mesmo concorram de forma justa com empresas maiores. No teamcore, integramos isso como parte do Growth Retail.

 

Growth Retail Teamcore

 

A tecnologia de análise de dados é a base para a automação

Para nosso Country Manager no México, Francisco Martínez, a tecnologia de análise de dados é a base da automação. Ela representa uma garantia de evolução dos negócios, traduzida em economia, gestão e vendas mais altas. A tecnologia é um ativo que faz diferença em todos os setores, mas no varejo é um aliado estratégico.

 

Uma estratégia tecnológica aplicada ao varejo se torna mais robusta ao adicionar mais ferramentas como o uso da Internet das Coisas, TIC e desenvolvimentos como dispositivos RFID para rastreamento de produtos, contribuindo para o conhecimento de informações em tempo real, essencial no desenvolvimento de análises preditivas, mudanças no portfólio, entre outras ações que buscam atender aos objetivos da empresa.

 

Os indicadores medidos também são importantes

Sem ir mais longe, em nosso último webinar, sobre a Transformação Digital para equipes de pontos de venda,
Juan Pablo Dañobeitia nos falou sobre os principais indicadores que as empresas devem medir: venda, produtividade, OSA (On Shelf Availability), vendas perdidas, dias de estoque, excesso de estoque, entre outros.

 

De acordo com Juan Pablo, “uma que usamos mais é a OSA. Acredito que medir a disponibilidade do produto no PDV melhora as vendas e possíveis avarias, que podem ser tanto internas quanto externas. Este é um dos principais indicadores que trabalhamos com nossos clientes.

 

A tecnologia que a Teamcore fornece se baseia em uma premissa simples e clara: uma venda que você não fez, uma venda que você não recuperou. É uma regra básica que hoje podemos medir por ponto de venda para ver o que há em estoque no armazém em tempo real.

 

Growth Retail Teamcore

 

Gostou deste artigo?

Assine o boletim informativo e receba as notícias mais relevantes do setor de varejo diretamente no seu e-mail

Fique um passo à frente com novos insights.

Inscreva-se gratuitamente em nosso boletim informativo.

Estudamos as últimas tendências em consumo de massa e varejo e as compartilhamos semanalmente para que você fique atualizado.